quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Leituras para 1º de Janeiro de 2015 (Santo Nome de Jesus - Ano B)

O tri-anual Revised Common Lectionary para os Domingos e festas foi produzido pelo Consultation on Common Texts em 1992, e está incluído no Book of Common Worship presbiteriano (Westminster John Knox Press, 1993). Quatro passagens das Escrituras são fornecidas para cada Domingo e festa: a Primeira Leitura, normalmente do Antigo Testamento, mas substituída por uma leitura de Atos dos Apóstolos durante o Tempo da Páscoa; um Salmo como um responso para a primeira leitura; a Segunda Leitura, de alguma Epístola ou outro trecho do Novo Testamento, e a Leitura do Evangelho. O ciclo tri-anual (anos A, B e C) fornece diferentes trechos para cada ano, sendo lido o Evangelho segundo S. Mateus durante o Ano A, segundo S. Marcos no Ano B e segundo S. Lucas no Ano C (o quarto evangelho, segundo S. João, é lido em certos tempos em cada ano).


Primeira Leitura - O quarto livro de Moisés chamado Números 6:22-27

E falou o Senhor a Moisés, dizendo:
Fala a Arão, e a seus filhos dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel, dizendo-lhes:
O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.
Assim porão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei.

Salmo 8

Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus!
Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador.
Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste;
Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?
Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.
Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés:
Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo,
As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares.
Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!

Segunda Leitura - Epístola de S. Paulo aos Gálatas 4:4-7

Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.
E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.
Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo.

Segunda Leitura (alternativa) - Epístola de S. Paulo aos Filipenses 2:5-11

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Evangelho segundo S. Lucas 2:15-21

E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para o céu, disseram os pastores uns aos outros: Vamos, pois, até Belém, e vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos fez saber.
E foram apressadamente, e acharam Maria, e José, e o menino deitado na manjedoura.
E, vendo-o, divulgaram a palavra que acerca do menino lhes fora dita;
E todos os que a ouviram se maravilharam do que os pastores lhes diziam.
Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração.
E voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito.
E, quando os oito dias foram cumpridos, para circuncidar o menino, foi-lhe dado o nome de Jesus, que pelo anjo lhe fora posto antes de ser concebido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário